cabecalho_tribunal-marítimo

Empreitadas concluídas

Palácio da Justiça de Lisboa - Instalação do Juízo do Comércio e do Tribunal Marítimo

Imagem1637280844740426831 EMPREITADA

 

ANTES

antes_tribunalmaritimo

 

DEPOIS

depois_tribunalmaritimo

 

Imagem2637280845587919843DESCRIÇÃO

O programa funcional dos serviços a instalar baseou-se numa configuração judicial típica, existindo uma clara separação entre usos privados ou públicos evidenciados por circulações exclusivas a magistrados e funcionários e outras de uso misto e/ou público, com acessos diretos a secretarias e Salas de Audiências de acordo com cada um dos utilizadores.

Para a instalação do Juízo do Comércio foram criados espaços de secretaria para a instalação de 5 secções de processos, a unidade do Ministério Público e a Unidade Central, assim como 5 salas de audiências, 1 sala de reuniões, 17 gabinetes para magistrados, 1 gabinete de secretário judicial e 2 gabinetes para serem instalados os Mandatários e os Administradores de Insolvência.

Para a instalação do Tribunal Marítimo foi criado um espaço de secretaria para a instalação de 1 secção de processos, assim como uma sala de audiências, 1 sala de reuniões e 3 gabinetes para magistrados.

Para os usos comuns a todo o complexo judiciário do Palácio da Justiça de Lisboa, foram preparadas 6 salas de videoconferência, 1 sala de audiências de apoio, 1 sala da comunicação social / sala polivalente e 1 espaço para a instalação do economato.